segunda-feira, 8 de outubro de 2012

LINHAS DE WELLINGTON - Um interessante filme histórico





Vi este fim-de-semana “AS LINHAS DE WELLINGTON” e gostei.

No essencial parece-me que o filme trata com rigor a época histórica, as paisagens são credíveis, pelo menos aquelas que eu conheço, pese um ou outro pormenor que levanta algumas dúvidas, como a presença de freiras inglesas no Hospital da Misericórdia de Torres Vedras.

O filme relata o percurso das tropas anglo-lusas que se retiram do Buçaco  para as Linhas, todo o cortejo de povo que as segue em fuga desordenada, e a perseguição que é movida pelas tropas de Massena.

O maior interesse do filme  reside no cruzamento de várias histórias individuais, mas reside também aqui a maior fragilidade, já que existem personagens que se desaparecem muito rapidamente da história , e algumas até  eram bem curiosas, como o padre guerrilheiro que ataca os francesas com o grito de “abaixo a liberdade, viva a Virgem Maria”, acompanhado com um andor com a imagem da Virgem. Ou a do pintor que acompanha Wellington, Levêque, um dos responsáveis pelas gravuras das batalhas, uma espécie de  “foto repórter” da época.

Como o filme será transformado em série, pode ser que algumas dessas personagens recuperem alguma consistência na série.

Os diálogos e as histórias são credíveis e retractam bem o medo, a coragem, a desorganização e o oportunismo que marcaram a vivência de um época tão dramática, um dos momentos mais trágicos da nossa história.

Valeria Sarmiento está de parabéns pela realização deste filme, que é também uma homenagem ao seu marido Raul Ruiz, que idealizou este filme mas faleceu antes de iniciar a sua rodagem.
 


Portal Cinema: Linhas de Wellington - Poster & Três Clips (clicar para ver mais informações e partes do filme).

Sem comentários: