sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Eleições Presidenciais - Ainda agora a procissão vai no adro e já há derrotados...

Ainda agora começou a caminhada para as eleições presidenciais e já há derrotados.

O primeiro derrotado é Cavaco Silva.

Seja qual for o seu sucessor, qualquer dos candidatos vai fazer esquecer rápidamente o mais incompetente presidente da história democrática.

As aparições de Cavaco já cheiram ao mofo.

Como hoje ironiza o "Inimigo Público", "Portugueses acham normal que [pela primeira vez, seja qual for o vencedor]  não haja uma Primeira-Dama em Belém porque nos últimos 10 anos também não houve lá nenhum Presidente da República". 

O segundo grande derrotado é a dupla Passos/Portas que não vai ter em Belém nenhum candidato da sua área política, a direita radical neoliberal.

Mesmo vencendo Marcelo Rebelo de Sousa este não é o candidato dessa direita e representa tudo aquilo que a direita revanchista do PAF destruiu dentro dos partidos dessa coligação, a social-democracia e a democracia cristã.

O apoio que formalmente dão a Marcelo visa apenas adiar a desagregação total do seu projecto político, engolindo para isso um sapo maior e mais amargo do que aquele que Cunhal e o PCP tiveram de engolir ao votarem Mário Soares nos idos de 1986.

Por isso estão assim já antecipadamente anunciados os primeiros derrotados das próximas eleições presidenciais.
Enviar um comentário