segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Recordando o fotógrafo Nuno Ferrari, no dia da despedida do seu amigo Eusébio

A propósito da morte de Eusébio, recordamos aqui o fotógrafo Nuno Ferrari, responsável por algumas das imagens mais significativas da vida de Eusébio.

Nascido em 6 de Março de 1935, baptizado como Nuno José da Fonseca Ferreira, o fotógrafo português adoptaria  o nome de Ferrari em homenagem a um dos pioneiros da fotografia desportiva em Portugal.

Citando a biografia que sobre ele foi divulgada pela comissão de toponímia da Câmara d Lisboa, “Nuno Ferrari iniciou a sua actividade profissional no jornal "A Bola" a 7 de Março de 1953. Presença certa em tantos momentos especiais do Desporto, quer nas competições europeias, quer em campeonatos do Mundo e da Europa. Foi o fotógrafo oficial da F.P.F. no Mundial de 1966.

“Captaria imagens inolvidáveis, a mais conhecida das quais terá sido porventura, a de Eusébio, em 1966, quando, a chorar, abandonava o estádio de Wembley, no dia da derrota com a selecção de Inglaterra, amparado curiosamente por Fernando Marques "O Formidável".

“Sócio fundador do CNID, foi distinguido diversas vezes, em Portugal e no estrangeiro: com a medalha de "Mérito Desportivo" em 1992, e, no ano seguinte, o Presidente da República, Mário Soares, atribuiu-lhe a "Ordem do Infante".

“ Muitos referir-se-iam a Nuno Ferrari como "génio e poeta". Víctor Serpa confirmaria, afirmando "as suas obras resistirão ao tempo e farão parte da história maior do jornalismo e do desporto".

Célebre ficou igualmente a célebre fotografia que ele tirou a Eusébio na companhia de Chico Buarque.

Nuno Ferrari faleceu em 18 de Setembro de 1996, no Estádio da Luz, quando fazia a cobertura de um jogo do Benfica, o clube do seu coração.

Grande amigo de Eusébio, diz-se que este esteve inconsolável no dia do funeral desse seu amigo.












Sem comentários: