sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

“Manifesto contra a Crise", pela ciência, a cultura e as artes".


Quem tem dois dedos de testa já percebeu que "crise" actual tem servido para trazer ao de cima o que de pior existe na política portuguesa e europeia.

A crise revela-se uma das maiores farsas da história recente e tem servido apenas para impor um programa ideológico que visa impor a lei do lucro e do mais forte em todos os sectores e destruir o máximo de direitos conquistados no século passado.

Entre eles estão os direitos à ciência, à cultura e à arte.

A forma como estes sectores têm sido mal-tratados pelo poder político revelam o poder de ignorantes e gente boçal, incapaz de olhar para além das suas folhas de excell ou dos gráficos de contas.

Já o Churchill disse um dia, sobre as intenções de gente desta noutra época,  que, se não preservarmos a cultura a arte e a ciência então não vale a pena defender a civilização.

Por isso aqui revelamos mais um documento que alerta para a necessidade de defender a ciência, a cultura e a ciência dos vorazes apetites do mundo financeiro e das diatribes deste governo de boçais ignorantes, apoiados por gente ainda mais perigosa que está à frente dos destinos europeus :

Sem comentários: