quinta-feira, 17 de julho de 2014

Um Poema para a semana - "Do Outro Lado", de Ana Paula Alexandra


DO OUTRO LADO
Não, não queiram saber.

É lá longe, em terras com nomes estranhos,
com gente que não fala a nossa língua,
que tem outras raízes, outros deuses,
outra forma de olhar as fronteiras,
outra maneira de morar em casas em ruínas
ou tapadas por muros ou que ficam em ruas que já não existem.

Não, não vale a pena deter o olhar no mapa
são países que não estão no roteiro das viagens,
onde nada acontece do que nos importa,
onde só há gente a tentar viver mais um dia,
onde o futuro definitivamente não entra nos sonhos,
caso sonhem …

Afeganistão, Síria, Iraque, Palestina…

Tudo fica em terra estranha,
Tudo permanece do outro lado do mundo que conhecemos.

Não nos pertencem.

Revoltam-se, sobrevivem, morrem todos os dias,
mas não são gente como nós,
as suas histórias não são notícia,
notícia são as bombas a cair.

Mas estranhamente, neste mundo estranho
quando se consegue ver um rosto, está lá tudo:
as lágrimas salgadas como o mar da nossa terra
a saudade por inteiro que é só nossa,
a raiva de não ir mais além, tão portuguesa,
um fado tão antigo no olhar com que se espera o futuro…

Podíamos ser nós.


Ana Paula Alexandra

Sem comentários: