quarta-feira, 17 de abril de 2013

Dívidas de Guerra : Grécia vs Alemanha. O próximo duelo joga-se nos tribunais internacionais


Durante a IIª Guerra Mundial a Grécia foi devastada pela ocupação nazi. Os estragos na altura, quer os materiais quer, os mais graves, os humanos,foram calculados, no final da guerra, num valor acima dos dez mil milhões de dólares, que, ao preço actual, equivalem a cerca de 160 mil milhões de euros.

Entretanto os aliados resolveram, em vez de repetir os erros do tratado de Versalhes, perdoar essa dívida ou  permitir que ela fosse paga ao longo de várias décadas a juros baixos.

Foi esta atitude dos aliados que permitiu que a Alemanha tivesse recuperado da situação de total devastação humana e social que herdou da aventura nazi.

Mais tarde, no final do século XX, a Alemanha voltou a receber o apoio dos países de União Europeia para conseguir que a unificação se fizesse sem grandes sobressaltos.

Ao que parece a Alemanha da srª Merkel esqueceu-se da palavra solidariedade e apenas está interessada em salvar o corrupto sistema financeiro alemão, à custa da miséria dos povos do sul.

A Alemanha resolveu aplicar aos países em dificuldade as receitas do Tratado de Versalhes, em vez das receitas do Tratado Marshal que permitiram mais de trinta anos de prosperidade e desenvolvimento na Europa Ocidental.

Então, já que é para desenterrar o passado, fazem bem os gregos em recordar a dívida perdoada que, em valores actualizados, davam para pagar toda a dívida grega... e ainda sobrava dinheiro.


Mas também Portugal tem uma dívida a receber da Alemanha, que foi perdoada, estabelecida à luz do tratado de Versalhes, dívida essa que ultrapassa, em valores actualizados, mais de 2 mil milhões de euros (quando Portugal exigia, na altura, cerca de dez mil milhões de euro). (ver AQUI).

Ou seja, Portugal perdoou à Alemanha mais mil milhões de euros do que aquilo que os banqueiros alemães da troika exigem que Portugal pague para tapar o "buraco" "provocado" pela decisão do tribunal Constitucional.

Se a Alemanha e os seus capachos da Comissão Europeia e do BCE querem fazer contas, é bom que as façam de forma correcta....A Alemanha que comece por pagar o que ficou a dever à Europa por causa das duas guerras que provocou...

Sem comentários: