segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Corrupção em Espanha :

A Espanha, depois de destruida pela crise e pelo desemprego, enfrenta nesta momento uma das maiores crises do regime democrático, com a revelação da corrupção generalizada,de décadas, que tem alimentado a classe política espanhola, em especial o PP actualmente no poder.
A situação não será muito diferente da que existe em Portugal e, por cá, só não atinge a dimensão do país vizinho porque, por enquanto, temos uma comunicação social e uma opinião pública domesticadas, com fraca participação cívica, e com tribunais que não funcionam atempadamente.
É caso para perguntar se o destino dos povos ibéricos é o de viverem, ora na ditadura, ora na corrupção?
A actual situação em Espanha está a por em perigo a própria legitimação da democracia, pois, lá como cá, a classe política dá provas de uma total falta de respeito pelo país, pelas instituições que representam e pela própria democracia que os criou.
A crónica em baixo, editada pelo jornal espanhol Publico, é um violento manifesto contra os aldrabões que dominam a politica espanhola, mas que pode ser adaptado, quer à situação portuguesa, quer à situação da Europa:

Sem comentários: