sexta-feira, 22 de junho de 2012

"FORÇA GRÉCIA" : Desporto e Futebol, ou “a continuação da política por outros meios”.

Quem acredita que o desporto está imune à política, a história está repleta de exemplos que o desmentem.

Grande acontecimentos desportivos internacionais, como o actual Campeonato Europeu de Futebol ou os Jogos Olímpicos, desde sempre estiveram ao serviço, de forma mais ou menos velada, mais ou menos descarada, da propaganda política e têm reflectido a situação política do momento.

O jornal Libération  dedica uma interessante reportagem ao assunto, na edição on-line desta semana, que podem consultar AQUI, a propósito da forma como está a ser encarado o jogo desta noite entre a Alemanha e a Grécia.

Aliás, a imprensa alemã tem-se comportado de forma miserável em relação a esse confronto, servindo-se de tudo para humilhar a selecção grega, como já referimos em post anterior.

Hoje, eu, como muitos europeus, vamos torcer pelos gregos, tanto mais que a presença provocadora da srº Merkel esta noite no estádio é uma boa ocasião para os europeus, vítimas da sua irresponsabilidade e do seu autoritarismo poderem demonstrar toda a repulsa que a sua presença provoca.

Seria interessante que os “PIGS” (Portugal, Itália, Grécia e Espanha), todos nos quartos de final, viessem  a passar às meias-finais, respondendo assim aos “PIG” alemão, sem batotas, porque já se viu que a UEFA quer que seja a Alemanha a ganhar.

 Portugal já lá está…vamos torcer para que os outros passem…

Sem comentários: