segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Cavaco decide acompanhar o féretro governamental até ao fim.




Segundo a entrevista que deu ao Expresso, Cavaco resolveu acompanhar o féretro governamental até à última morada.

O bando se zombies que nos governa vai assim permanecer no poder até ao último suspiro.

Aliás, o contrário é que seria de admirar com este Presidente, incapaz de um acto de coragem cívica e de limpeza ética.

Mas tal não é de admirar, pois  este foi sempre o governo ideal de Cavaco e do cavaquismo ( que nada tem a haver com o liberalismo e a social-democracia originais do PSD de Sá Carneiro…).

A demissão de um governo que já não é credível para ninguém seria um acto de sanidade cívica, a última oportunidade do pior Presidente da República desde Américo Tomás ainda evitar ter de sair pela “porta das traseiras”, já que a saída pela porta grande deixou de estar ao seu alcance há muito tempo.

É inconcebível que o próximo governo, seja ele qual for, se veja obrigado a ter de arcar com um orçamento que não é o seu ou, então, que tenha de viver os primeiros meses em total instabilidade até conseguir a aprovação de um orçamento diferente do que é imposto por um governo que vai perder as eleições.

Claro que há sempre a remota possibilidade de a actual maioria renascer das cinzas, pois já vimos de tudo.

Seja com for, vamos ter de assistir à continuação do empobrecimento e da destruição do tecido social do país durante mais de um ano…é pena.

A actual geração que domina o PSD vai ficar na história  por ter conseguido uma proeza única: deu à Europa o pior presidente da Comissão Europeia, a Portugal o pior Governo da democracia e o pior Presidente da República…numa só década, é obra!!!


Sem comentários: