quinta-feira, 24 de maio de 2018

António Arnaut : Um politico ao serviço do bem público



Numa época em que, diariamente, tomamos conhecimento de mais um politico apanhado nas teias da lei, ou responsabilizado pela degradação do serviços públicos, ou envolvido em negociatas com o poder económico e financeiro, a morte de uma figura como a de António Arnaut não é apenas mais uma morte marcada pelas leis da natureza, mas uma verdadeira tragédia.

António Arnaut foi um exemplo raro de honestidade e dignidade no exercício de um cargo público.

Como se isso não chegasse, foi ainda o rosto daquela que foi o exemplo maior do “espírito de Abril”, a criação do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Apesar de todos os ataques contra o SNS deferidos de todos os lados e por todos o lóbis que procuram dificultar a sua concretização, como tivemos um exemplo recente nos “recados” da Comissão Europeia com os “gastos” de Portugal com o SNS,   [é pena que não revelem a mesma preocupação como os gastos para salvar o corrupto sistema financeiro europeu…]  a sua obra continua a resistir.

Apesar da tentativa de o desvirtuar a partir do “cavaquismo”, apesar de quase ter sido arruinado pelo descalabro financeiro do “socratismo”, apesar da tentativa oportunista de o destruírem no “passo- coelhismo” [com o resultado que todos temos sentido nos últimos tempos], festim onde participaram e participam muitos que nesta hora  lançam loas de pesar pela morte do Homem, o SNS é um dos pilares da nossa democracia.

Para além do SNS, o grande legado de Arnaut, é o que ele representa como raro exemplo de honestidade politica, como um exemplo do que deve ser o verdadeiro serviço público e do que se espera de um politico, de alguém que, tendo um sonho, tudo fez para o concretizar e o defender até ao último suspiro.

Defender e aperfeiçoar  o SNS é a melhor homenagem que a nossa geração pode prestar à sua memória.

Lisboa : Um Passeio Fotográfico, de Marvila ao Beato







 









































: World Press Photo - uma visita

A FORMA E A LUZ: World Press Photo - uma visita: Para quem não foi a tempo de visitar a exposição com os trabalhos premiados este ano pela  World Press Photo, aqui deixamos uma pequena amostra (clicar para ver).