terça-feira, 1 de março de 2016

Passos Coelho, estaria a bombar contra a crise...(é pena que o ridículo não pague imposto...tínhamos a crise resolvida!!!)

Passos Coelho continua a passear-se pelo país, em inaugurações e colóquios, acompanhado por uma comitiva de jornalistas, como se ainda fosse primeiro-ministro ou, pior ainda, como se ainda fosse possível voltar a sê-lo.

De cada vez que abre a boca, procurando-se adaptar, de forma estereotipada, á audiência que tem pela frente, aumenta o ridículo da sua postura.

Será que não tem alguém à sua volta que tenha a coragem de o avisar?

A situação faz-me lembra,  com Passos Coelho,agora como comédia, a situação que se viveu entre as figuras do regime salazarista em 1968, quando todos fingiam à volta do ditador doente que este ainda governava, quando já tinha sido substituído por Marcelo Caetano.

Quanto à forma como andou a "bombar" contra a crise, já sabemos o que ele quer dizer pelo que (des)fez nos último quatro anos em que nos governou...e já nos chegou.

Vá "bombar" para outro lado...

Sem comentários: