quarta-feira, 10 de julho de 2013

Mais um incompetente premiado: Vítor Gaspar já tem gabinete preparado no Banco de Portugal.

Na última edição do Expresso Miguel Sousa Tavares classificava o Banco de Portugal como a "brilhante escola de inúteis virtudes públicas".

Esta notícia confirma-o.

O Banco de Portugal é a cada vez mais a coutada dos futuros pensionistas de luxo e a prova de que, em Portugal, a incompetência continua a ser premiada.

Sem comentários: