segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Nas Ondas...






Estas são as ondas
breves
revoltas da existência
perdidas num horizonte
 de raiva e mansidão.

Estas são as ondas
que se desfazem
na areia dos teus ombros
onde os sonhos
voam como gaivotas.

Estas são as ondas
onde navegam imersos
olhos de ver o dia
no silêncio
das lágrimas esquecidas.

Estas são as ondas
espumando límpidas
que  nos guiam
a um imenso porto
longe das multidões.

Estas são as ondas
enrolando-se
ao sabor da revolta
conduzindo-nos a um horizonte
solar e eterno.

Sem comentários: