segunda-feira, 18 de junho de 2012

VITÒRIA DE PORTUGAL - EU BEM AVISEI QUE ÍA FAZER FIGURAS TRISTES...


 (FOTO: Jornal de Notícias)

Eu avisei que ía fazer “figuras tristes”!

A pedido da minha filha (…boa desculpa, não?), que se lembrava de ter andado nestas confusões há 8 anos, e de ter gostado,  lá fui de carro a apitar e com uma pequena bandeirinha para não dar muito nas vistas, para meio da “confusão”…

…só que a “confusão” já tinha passado e apenas alguns “gatos pingados” andavam pelas ruas a apitar…

Dei uma ou duas voltas pela cidade para ver onde se concentrava a “festa”, mas poucos restavam…subi em direcção ao Convento da Graça e virei à direita a caminho de casa quando me apercebi que tinha atrás de mim uns vinte carros a apitar euforicamente e com bandeiras ao vento…eu virava para a rua Teresa De Jesus Pereira, eles viravam atrás de mim, eu contornava a rotunda da várzea e voltava a subir a rua,  e eles continuavam a seguir-me, seguia em frente pela “Humberto Delgado”, lá vinham eles a seguir-me, descia a Henriques Nogueira e não me largavam de vista…

De repente vi-me  naquela cena dos Tempos Modernos em que o Charlot corre a atrás de um camião que tinha deixado cair uma bandeira, presume-se que vermelha, e às tantas, sem dar por isso, está a liderar uma manifestação e é preso como líder da mesma…

Às tantas lá os despistei e consegui chegar a casa sem levar toda aquela gente comigo…

…só eu!

Sem comentários: