terça-feira, 22 de maio de 2012

NOVAS OPORTUNIDADES...UM DESABAFO!

Vamos um dia destes falar do assunto…até lá deixo aqui o testemunho da minha amiga e colega Ana Miguel sobre a intenção, de que se fala, de desmantelar uma das mais interessantes iniciativa educativas dos últimos tempos, as NOVAS OPORTUNIDADES:

“Novas Oportunidades... esta é mais uma semana de blablabla. Uns dizem blabla, outros dizem blablabla. E que digo eu? (Sim, se toda a gente tem o direito de opinar, eu também!) Ora, eu digo que tem sido um privilégio trabalhar no Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária Henriques Nogueira. E porquê? Porque a escola abriu mais portas, ou seja, abriu uma maior diversidade de percursos de qualificação e, por elas, passaram a entrar muito mais pessoas: pessoas que não sabiam ler nem escrever e que achavam que estas portas nem sequer eram para elas; pessoas que tiveram de começar a trabalhar aos 11, 12 anos e que vieram à procura da oportunidade que lhes foi roubada e que lhes permitisse deixar de ter "vergonha de ter só a 4ª classe"; pessoas que completaram tudo o que havia a completar quando andavam na escola mas que, passados uns anos, com as alterações dos planos de estudo, passaram a ter o ensino secundário incompleto; pessoas que chumbaram a uma disciplina nos antigos 12º anos e que nunca mais tiveram uma oportunidade para a completar; pessoas que...; pessoas que... . Houve más práticas em alguns dos percursos de qualificação? É provável que sim. Onde não as há?! Os percursos que as pessoas desempregadas fizeram não contribuíram para que estas arranjassem emprego? Mas onde é que há empregos? Quem trabalhava não passou a ganhar mais? Mas alguém foi aumentado estes últimos tempos?! Enfim... Se não gostam do nome mudem-no, mas, agora que as pessoas redescobriram os caminhos da formação e da qualificação, não deixemos que estas portas se fechem”.

ANA MIGUEL (na sua página do Facebook de hoje)

Sem comentários: