sexta-feira, 20 de abril de 2012

O Respigo da Semana...o caso BPN analisado por Carlos Neves:


Faço minhas as palavras do meu amigo Carlos Neves, escritas na sua página do facebook, e que aqui transcrevo:

O caso BPN não é só um caso de polícia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

por CARLOS A. A. Neves

"Ventura Leite, antigo deputado do PS disse no programa Negócios da Semana, de Gomes Ferreira, na SICN, que a intervenção do Estado no BPN ficou a dever se, não ao propalado "risco sistémico", mas pura e simplesmente para acautelar os interesses das pessoas que lá tinham o seu dinheiro.

"Para ver quem foram os beneficiários do "buraco do BPN" é ver quem eram os maiores accionistas e os maiores depositantes...
Entretanto, algumas destas pessoas sabem explicar muito bem o que se passou. Mas ninguém lhes pergunta...por exemplo Rui Machete sabe tudo de tudo e mais que tudo. Mas ninguém lhe pergunta por nada.
Estranho, não é?
E quem responde a algumas destas 17 perguntinhas a que ainda falta responder? O Expresso sobre isto não contará nada nunca. É garantido ou não tivesse o patrão que tem.

"As perguntinhas são:
"1. Se Vítor Constâncio não fosse um antigo dirigente do PS estaria ainda em funções no BdP?

"2. Se Vítor Constâncio fosse competente, e tivesse agido a tempo, tal teria travado o colapso do BPN?

"3. Se o BPN não fosse o Banco dos barões e baronetes do PSD teria havido “salvamento” dos acionistas do Banco com dinheiro dos contribuintes?

"4. Se não houvesse uma política tácita de partilha de tachos em conselhos de administração entre ex-políticos do PSD e do PS, teria havido uma política de indemnização a estes acionistas do BCP que elegeram, partilharam chorudos dividendos e aprovaram e fizeram vista grossa à gestão danosa e criminosa da administração do BPN?

"5. Porque não foi ainda detido ninguém envolvido nestas operações de branqueamento de capitais do BPN em Cabo Verde?

"6. A quanto montará a indemnização do megamilionário Luís Figo pelas suas ações no BPN?

"7. Onde está Oliveira e Costa, o maior responsável pela situação atual do Banco?

"8. Porque não quis Ferreira Leite falar aos Media sobre a nacionalização do BPN?

"9. Se Vítor Constâncio se queixou de não ter os meios suficientes para fiscalizar a ação da Banca portuguesa (como os casos do BCP e do BPN provaram) então porque não os exigiu e preferiu gastar energia a reclamar do Governo a substituição de toda a frota automóvel do conselho de administração do BdP?

"10. Qual a origem das avultadas verbas (300 milhões de euros?) que passavam sem registo contabilístico pelo “balcão virtual” da filial do BPN em Cabo Verde?

"11. Que interesses ligados aos do “Bloco Central PS-PSD” defendeu o PS quando recusou fazer ouvir pelo Parlamento os antigos responsáveis do BPN: Oliveira e Costa, Dias Loureiro, e Rui Machete?

"12. Porque é que Cadilhe, na sua resposta pública à nacionalização do BPN gastou tanto tempo a defender os interesses dos acionistas e omitiu completamente qualquer referência aos interesses dos mais de 300 mil depositantes?

"13. Onde estão (em que Banco) os milhões de euros ganhos na forma de dividendos pelos maiores acionistas do BPN?

"14. Que interesses obscuros de que acionistas serviu o governo ao nacionalizar o BPN, mas ao deixar de fora a Real Seguros um dos ativos mais valiosos da holding que detinha o BPN?

"15. Quanto dinheiro da nossa (de todos) Segurança Social foi enterrado pelo Governo nos cofres do BPN, mesmo depois de já se saber (desde 2007) das grandes dificuldades deste Banco? O valor de 900 milhões de euros referido por algumas fontes será verdadeiro?

"16. Qual a origem da extravagente lista de bens nos cofres do BPN que vão desde uma colecção do pintor espanhol Miró, uma colecção egípcia a moedas do Euro 2004?

"17. Quando há oito dias apenas o ministro das finanças garantia na RTP que não conhecia Bancos em dificuldades, mentia ou ignorava a escala dos problemas do PBN?”

Sem comentários: