segunda-feira, 19 de março de 2012

O "baile" de Vénus e Júpiter..


Não sei se já repararam nos planetas alinhados, que podem ser avistados, desde há umas duas semanas, quando se olha para poente, pouco tempo depois do por do Sol.

Apesar do céu urbano ser pouco convidativo para a observação do céu, o brilho de Vénus e Júpiter, os planetas alinhados, é bem visível, mesmo com as luzes das ruas.

Todos as noites, pouco tempo depois das sete da tarde, vou observando esse fenómeno raro e confesso que andei algum tempo intrigado até ter encontrado uma referência ao assunto na edição on-line do “The Guardian” que lhe dedicou um foto-reportagem, com imagens obtidas em vários pontos do mundo.

Como se pode ver em baixo este raro alinhamento é visível de pontos tão distantes como o continente americano ou do norte da Europa.

São fenómenos como este que nos recordam a pequenez da nossa realidade, mas também da ilusão em que muitas vezes vivemos, pois, embora aparentemente pareça que esses planetas estão próximos, na realidade têm entre eles a Terra e Marte…

Olhar para os astros, principalmente em momentos de grande limpidez do céu, experiencia cada vez mais rara, é um momento que me repousa, tanto como observar o mar.

Claro que, tão depressa não voltarei a ver o céu límpido que avistei há muitos anos nas Berlengas, ou numa noite passada a dormir ao relento em Lagos no Algarve.

…mas o céu está lá, à espera da nossa atenção!

                                                                 Nova Iorque

 SUÉCIA

 
                                                                          FRANÇA

                                3 fotografias tiradas em vário pontos da Grã Bretanha

                             Vénua e Júpiter avistados em duas regiões dos Estados Unidos

                                                                         ISLÂNDIA

                                                                         CHILE

Sem comentários: